conheça o
nosso blog

23 de Maio de 2019

4 dicas para quem deseja adquirir o primeiro imóvel

Compartilhar:

Ter a casa própria é o sonho da maioria dos brasileiros e a vontade de colocá-lo em prática aumenta quando surgem novas necessidades como sair do aluguel, casar e deixar a casa dos pais. Se você está pensando em adquirir um imóvel, é necessário ter em mente que será preciso realizar adaptações na vida financeira. O princípio pode parecer difícil, mas, mesmo sem muito dinheiro, tal sonho pode acontecer.
 
Então, para facilitar a realização da compra do seu primeiro imóvel, deixamos aqui algumas dicas.
 

1 - Planejamento Financeiro


Um bom planejamento é o princípio de tudo. Para isso, comece anotando todos os seus gastos, faça uma planilha ou baixe um aplicativo para organizar as suas despesas. Assim, você saberá quanto do seu consumo é direcionado para alimentação, lazer, transporte e saúde, por exemplo, além ver quais gastos você poderá cortar dos custos mensais, poupando um valor mensal para a compra do imóvel.
 
Na maioria dos casos,  o financiamento é a melhor alternativa para adquirir sua casa própria. Algumas modalidades de financiamento, como o do programa Minha Casa Minha Vida oferecem subsídios, parcelas e taxas de juros abaixo do mercado, tornando mais fácil você se organizar financeiramente.
 

2 - Disciplina


Comece poupando o máximo que puder, evite gastos supérfluos, esqueça as vitrines e economize nas saídas. Esses são importantes passos para você garantir a chave do seu imóvel. É fundamental estabelecer metas de poupança e estipular um percentual mínimo de 10% da renda mensal. Faça dessa prática um hábito para sua vida.
 

3 - Renda


Muitas vezes, para enquadrar as parcelas do imóvel, o melhor meio é optar pela composição de renda familiar. Além de possibilitar um financiamento de maior valor, você não será a única pessoa responsável pelo pagamento do imóvel. Pessoas como cônjuges, familiares e amigos também poderão contribuir.
 
Tirando as restrições financeiras em bancos, nenhuma outra é feita quanto nessas ocasiões. Lembre-se de escolher bem com quem você irá se comprometer, afinal a pessoa escolhida para dividir o financiamento passará a ser também co-proprietária do imóvel.
 

4 - FGTS


Uma das utilidades do FGTS é auxiliar na hora de adquirir o seu primeiro imóvel. Ele pode ser usado tanto para quitar parcelas, como para ser dado de entrada. Dessa forma, é preciso seguir alguns pontos: você deve ter, pelo menos, 3 anos de carteira assinada, não ter nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), não ter posse de imóvel no local onde pretende adquirir um novo e trabalhar ou morar no mesmo município do empreendimento. 
 
O saldo da sua conta do FGTS termina funcionando como aquele "salvador da pátria", já que teoricamente o dinheiro não era seu e fica ali esquecido, surgindo para amortizar parte da dívida. Em caso de composição de renda, ambos FGTS podem ser usados.
 
Com o planejamento correto, economia, conhecimento e foco, fica fácil adquirir seu imóvel. Agora que você já sabe como se organizar, que tal fazer uma simulação para o financiamento desse apê? Qualquer dúvida, entre em contato conosco através do Whatsapp.

MAIS DO BLOG

Vantagens de comprar um imóvel novo

Ler Matéria

Financie seu sonho!

Ler Matéria

3 motivos para sair do aluguel

Ler Matéria