conheça o
nosso blog

04 de Novembro de 2020

Entenda como funciona o programa Casa Verde e Amarela

Compartilhar: Ícone de WhatsApp

Os programas governamentais têm sido importantes alternativas para ajudar muitos brasileiros a financiarem os seus imóveis, proporcionando benefícios que contribuem para a realização desse sonho.


O mais recente deles é o Casa Verde e Amarela. Trata-se de uma modalidade projetada para aperfeiçoar o Minha Casa, Minha Vida. Os pré-requisitos para fazer parte do programa é não possuir outros imóveis e ser maior de 18 anos ou emancipado. 
 

Neste texto, explicaremos os principais benefícios. Confira!
 

JUROS MAIS BAIXOS
 

Uma das estratégias do programa é a redução nos juros cobrados - o que significa um menor valor da prestação mensal para as famílias.
 

GRUPOS DE RENDA E BENEFÍCIOS

Ao todo, serão 3 grupos de renda, cada um com as suas especificidades. Veja em qual você se encaixa. 

Grupo 1 – para famílias com renda de até R$ 2.000; 

Grupo 2 – para famílias com renda entre R$ 2.000 e R$ 4.000;

Grupo 3 – para famílias com renda entre R$ 4.000 e R$ 7.000.

No primeiro grupo, as famílias contempladas terão acesso a juros mais baixos, poderão usar o subsídio na compra de uma unidade habitacional, além de também terem direito à regularização fundiária e à reforma do imóvel. Já os demais poderão financiar os imóveis com taxas um pouco maiores e direito à regularização fundiária.

TAXAS DE JUROS

As taxas de juros irão variar de acordo com a região e com a faixa de renda do comprador. No Norte e no Nordeste, as taxas caminham entre 4,75% e 8,16%. Veja abaixo os percentuais de cada grupo.

Norte e Nordeste:

Grupo 1: 4,75% a 5% (não cotista do FGTS) | 4,25% a 4,5% (cotista do FGTS); 

Grupo 2: 5,25% a 7% (não cotista) | 4,75% a 6,5% (cotista);

Grupo 3: 8,16% (não cotista) | 7,66% (cotista)

O beneficiário precisa ter o nome limpo e sem restrição. 
 

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA
 

CNH/RG, carteira funcional, certidão de nascimento, comprovante de residência, Comprovante de Estado Civil (Certidão de Nascimento ou Casamento) e - caso tenha dependente - é necessário a certidão de nascimento, se for menor de idade. Se tiver cônjuge, os documentos dele também são necessários.
 

COMO É FEITO O FINANCIAMENTO
 

A renda mínima para alguns empreendimentos é de R$ 1.200,00, em outros chegam a R$1.800 mas isso não impede que o comprador financie o seu imóvel por que existe a possibilidade de juntar a renda do cliente com outra pessoa, seja pai, mãe, filho, entre outros. Com o Casa Verde e Amarela, o imóvel pode ser quitado em até 360 meses.
 

SUBSÍDIO
 

O subsídio foi uma forma encontrada pelo governo para auxiliar as pessoas a financiar o seu primeiro imóvel. Ele varia de acordo com o valor do empreendimento e da renda do comprador, podendo chegar a até R$ 21 mil reais que serão abatidos do valor de financiamento do bem, diminuindo assim o valor das prestações.
 

USO DO FGTS
 

O FGTS pode ser utilizado caso o comprador tenha um mínimo de 3 anos de carteira assinada, o saldo da conta será abatido no valor da entrada do empreendimento. É possível utilizar o FGTS a cada dois anos amortizando o valor da dívida.
 

Siga a Rocha Empreendimentos nas redes sociais e acompanhe sempre o blog para mais novidades! 

 
Saiba o que fazer para financiar um imóvel pelo Minha Casa Minha Vida

MAIS DO BLOG

Quais as faixas de renda do Casa Verde e Amarela e em qual eu me encaixo?

Ler Matéria

5 dicas de segurança para quem mora em apartamento

Ler Matéria

Saiba quais são os documentos necessários para se cadastrar no Casa Verde e Amarela!

Ler Matéria